Please reload

Posts Recentes

SAÚDE DA MULHER - POR QUE AMAMENTAR?

August 10, 2017

1/2
Please reload

Posts Em Destaque

ENDOMETRIOSE. O que as mulheres precisam saber?

19 Jan 2016

 

Uma grande preocupação dos casais que não podem ter filhos é como fazer para driblar a natureza e realizarem o sonho de serem pais. Como uma das possíveis causas de infertilidade, a endometriose era tida até bem pouco tempo, como um de difícil solução. Sabe-se que o problema envolve mulheres de todas as classes sociais e é responsável por grande parte dos problemas de infertilidade.

 

A endometriose é a presença do tecido endometrial fora do seu local normal, que seria a cavidade uterina.

 

A endometriose pode aparecer desde a puberdade. Mas como é uma doença progressiva, a tendência é de se manifestar mais tardiamente em torno de terceira ou quarta década de vida. Pacientes com familiares com endometriose apresentam maior chance de serem portadoras da doença.

 

A manifestação mais comum da endometriose é a dor durante a menstruação. Outros sintomas são a dispareunia - dor durante a relação sexual -, perda de sangue na urina ou dor para defecar, quando o grau da endometriose é mais severo acometendo a bexiga e o intestino.

 

A endometriose 
Pacientes com endometriose podem não apresentar sintomas dolorosos e a doença se manifestar pela dificuldade em engravidar.

O diagnóstico de endometriose pode ser suspeitado pelos sintomas clínicos, exames de ultra-som , outros métodos de imagem, ou  dosagens laboratoriais do CA 125 ou TATI que são marcadores tumorais.São  exames são poucos específicos porque podem estar alterados em uma série de outras patologias.A  classificação e o diagnóstico de certeza da endometriose é feita com base na presença e no tamanho das lesões, processo realizado através de um exame chamado de laparoscopia, obedecendo critérios da Sociedade Americana de Reprodução Assistida.

 

A partir daí, o tipo de tratamento vai depender se a paciente quer engravidar ou não.

No caso endometriose mínima ou leve já é quase consenso que apenas o tratamento medicamentoso não iria melhorar a fertilidade da paciente. A opção é a inseminação artificial, ou ainda a fertilização In vitro. No caso de endometriose moderada ou severa o melhor tratamento é a fertilização in vitro.

Pacientes que não querem engravidar vão se beneficiar com os vários tipos de tratamento que vão desde o uso continuado de anticoncepcional oral, até o uso de drogas mais potentes como o Danazol, a gestrinona (implantes) ou os análogos de GnRH.
Não está comprovado que o tratamento, mesmo por um período de 6 a 9 meses iria melhorar as chances de gravidez da paciente, mas existe uma melhora significativa dos sintomas da patologia após o tratamento. Esse tratamento é indicado principalmente para aquelas mulheres que apresentam dismenorréia importante.

Felizmente hoje a Medicina oferece meios que possibilitam casais em que a mulher seja portadora de endometriose de realizar seu sonho de formar a família.

 

O Dr. César Pinheiro: 

Pós-graduação em Reprodução Humana em Montreal-Canadá;

Aperfeiçoamento em Reprodução Humana em Melbourne – Austrália;

Membro da Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva - Membro da Sociedade Europeia de Reprodução Humana.

Tags: Obesidade e Câncer de Mama

Please reload

Siga
Procurar por tags