Please reload

Posts Recentes

SAÚDE DA MULHER - POR QUE AMAMENTAR?

August 10, 2017

1/2
Please reload

Posts Em Destaque

SAÚDE DA MULHER - POR QUE AMAMENTAR?

 

Todos sabemos das vantagens do aleitamento materno para o bebê, mas muitas mulheres não sabem que amamentar traz diversos benefícios para sua saúde também.

 

Bebê que mama exclusivamente no peito não necessita nem mesmo de água até os 6 meses. O leite materno além de alimentar e hidratar fornece imunidade nos primeiros dias de vida através do colostro. Cada mãe produz um leite com as características básicas iguais às outras mães, porém cada uma produz leite de forma personalizada para seu filho dentro das características individuais da criança e do nascimento. Por exemplo: uma mãe que teve um bebê prematuro pode produzir colostro por mais tempo do que a outra que teve um bebê no
tempo certo, pois o prematuro necessitará de maior proteção pela imaturidade do seu sistema imunitário. Nenhuma empresa no mundo será capaz de produzir um leite com todas as características do leite materno.


Existem várias evidências científicas sobre os benefícios da amamentação para a saúde da mulher. Dentre elas poderemos citar algumas, lembrando que o efeito da amamentação é cumulativo, ou seja, quanto mais amamentar, melhor. Inicialmente quando a mãe coloca o bebê para sugar ocorre um estimulo para produção de ocitocina pelo cérebro materno que vai fazer o útero contrair, e consequentemente, diminuir o sangramento no pós-parto e a chance de anemia, o que é muito importante neste período.


Muitas mães ganham peso excessivamente durante a gestação, amamentar consome muitas calorias ( cerca de 600/dia ) levando mais rapidamente esta mulher a restabelecer o peso pré-gestacional.


É importante que ocorra um espaçamento entre as gestações para que a mãe possa cuidar de maneira adequada do bebe, amamentar exclusivamente até os seis meses oferece uma proteção de até 98 % contra uma nova gestação para aquelas que não menstruaram neste período, porém, é sempre conveniente associar outro método anticoncepcional.


Uma pesquisa recente revelou que amamentar pode diminuir a dor pós-cesariana. O grupo de cientistas do Hospital Universitário Nuestra Señora de Valme, em Sevilha, na Espanha, chegou a essa conclusão depois de analisar 185 mulheres que fizeram cesariana. Entre as que tinham amamentado por menos de dois meses, 25% apresentava dor na região da cirurgia por até quatro meses depois do parto. Já entre o grupo que amamentou por mais de dois meses, o índice de incômodo caiu para 8%.


A mulher que amamenta apresenta, também, menor chance de desenvolver câncer de mama, endométrio e ovário, principalmente se for por mais de dois anos no total.


Uma grande pesquisa com mais de 26 mil mulheres coordenado pela Universidade de Brisbane, na Austrália, confirmou uma associação constatada há tempos pela ciência: mulheres que amamentam têm menor risco de desenvolver câncer de endométrio. O estudo concluiu que, entre as mulheres que já tinham sido lactantes, houve um risco 11% menor de desenvolver este tipo de câncer. A proteção vem da queda na produção do estrogênio durante a amamentação. O organismo diminui esse hormônio para garantir que o leite continue sendo produzido, e o câncer de endométrio, assim como o de mama, está ligado à exposição do organismo a essa substância. A explicação da proteção para o câncer de ovário seria que amamentar diminui o número de ovulações e isso é fator protetor contra esse tipo de câncer.


Segundo um estudo feito pela Universidade de Harvard, amamentar por um ano foi associado a uma queda de 15% nos riscos da mãe desenvolver diabetes tipo 2, quanto maior o tempo de amanentação, menor o risco.


Além de todos estes benefício físicos amamentar traz também um grande benefício emocional para a o bebe e para a mãe, diminuindo a depressão após o parto e aumentando a auto-estima materna.


Amamentar é uma atitude inteligente, proporciona melhor saúde física e emocional para mãe e filho e, além de tudo, é um ato de amor.

Please reload

Siga
Procurar por tags